Amor Cristianismo Uncategorized Vida

A verdadeira humildade

Olá queridas pessoinhas nesse enorme oceano! Como vocês estão? Espero que bem 🙂 Queria começar esse texto explicando porque semana passada nenhuma publicação foi feita. Pois bem… Domingo passado tivemos o primeiro turno das eleições aqui no Brasil, e infelizmente tivemos o pior cenário possível (pelo menos para mim) e segunda e terça foram dias com um clima muito pesado (tanto na faculdade quanto na rua) por isso decidi dar um pequeno momento de luto para todos nós. Espero que você entenda meus motivos. Mas voltando a falar de hoje; para este texto eu quero trazer uma reflexão sobre o que é a humildade. Sei que é um assunto um tanto quanto delicado para alguns (para mim foi, e ainda é, em alguns momentos), mas sei que à luz da Palavra e pela direção do Espírito Santo conseguiremos entender melhor esta palavra e seus profundos significados.

 

Humildade x Amor próprio

Por muito tempo esta dicotomia (humildade x amor próprio) me atormentou, eu não entendia como coisas aparentemente tão diferentes poderiam caminhar juntas, já que para mim (descendente de japoneses) ser humilde é considerar o outro superior a mim. Conversando bastante com o meu Pai de amor, entendi que na verdade não tem como ter um, sem ter o outro.

 

Humildade não é se rebaixar

Por muito tempo eu acreditei que me rebaixando perante os outros eu os elevaria (socialmente) e eu me diminuiria, mostrando assim respeito e educação. Porém algo muito destrutivo começou a brotar e frutificar em mim. A baixa auto-estima. Esta tão obscura questão vem me assombrando por muitos anos. Por me dedicar tanto a exaltar os outros e a me rebaixar acabei por perder a minha identidade e a minha percepção de valor. E eu creio do fundo do coração que este não é o caminho que o Senhor tinha para mim quando me criou e me chamou a humildade.

img_20181001_162153

Chamado à humildade

No livro de Filipenses, no capítulo 2, versículo 3 Paulo escreveu assim:

“Nada fazeis por partidarismo ou vanglória, mas por humildade,

considerando cada um os outros superiores a si mesmo.”

Ué… Mas você não disse que humildade é diferente de rebaixamento? Você deve estar se perguntando, mas sim, elas são coisas diferentes e a Palavra nos revela isso no versículo 5 e 6 do mesmo capítulo:

“Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Jesus Cristo, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou o ser igual a Deus;”

Olhando estes versículos aprendemos que a nossa humildade deve ser como a de Jesus que não se apegou a algo, mas abriu mão. Observando a história de Jesus em todos os registros bíblicos, eu vejo que Jesus nunca perdeu de vista o seu valor perante o Pai e muito menos a sua identidade. E era daí que vinha a sua humildade, Ele tinha tanta certeza em quem Ele era que não se importava em fazer coisas “abaixo” Dele, pois aquilo não o definiria. Da mesma forma o Senhor nos chama a uma vida de humildade, que primeiro necessita de uma base sólida na identidade. Assim então podemos chegar no versículo 7 e 8:

“ antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo,

tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana,

a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte de cruz.”

Jesus estava firme na sua identidade, por isso Ele não se importou em se humilhar. Ele foi o auge da humildade e da abnegação, e Ele é o nosso alvo. Que sejamos tão seguros de nós mesmo em CRISTO que todo o resto deixe de importar. Esta é a ordem certa, ter autoconhecimento, ter humildade e não se importar em se humilhar quando necessário. 

 

Como descubro meu valor?

Esta é uma pergunta complexa e eu não tenho uma resposta tão boa pra ela. MAS uma coisa eu sei, as músicas “cristãs”(entre aspas porque se fossem cristãs teriam Cristo no centro), que só falam dos nossos umbigos dizendo que somos meeeega valiosos, não são respostas possíveis. A nossa identidade e valor está muito além do “ouro puro de ofir”, nosso valor está no preço que o Senhor pagou no nosso resgate, está no quanto o Senhor presa por nós, mesmo nós sendo apenas barro… Mesmo com esta pequena direção, sei que a questão da identidade e valor não estão muito claras, por isso eu queria te recomendar um pequeno momento a sós com Aquele que primeiro te amou 🙂 Deixo aqui  também a minha música favorita caso você queria alguma trilha sonora pra te acompanhar ❤

 

 

Em temor e amor, Dory ❤

Anúncios

Sobre Dory <3

Eu me denomino como Dory, uma pequena menina que é super mega atrapalhada e se distrai facilmente. MAS que o coração anseia por fazer amigos e o que é certo (ou pelo menos tentar). Sou cristã, estudante de Letras, pseudo piadista e humana.

0 comentário em “A verdadeira humildade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: