Amor Relacionamento Vida

O imerecido na nossa vida

Oi ooooi! Como vocês estão? Espero que bem apesar desse ‘friozinho”, meus dedos estão quase congelando ao teclar aqui hahaha. Talvez você esteja se perguntando se esse texto será a continuação do texto sobre a vida de Daniel, mas não, decidi por publicá-lo depois, para que não fique muito repetitivo. Hoje eu quero compartilhar sobre um problema que me assombra por quase uma vida inteira… a FALHA. Eu sou uma pessoa que detesta errar (quem não detesta?) e quase sempre esse erro inclui decepcionar pessoas. Mas de alguns tempos para cá, tenho aprendido algumas coisas novas 😉

 

img_20180430_113711

 

Ps: hoje em especial vou estar “dividindo” este texto com subtítulos!

 

As relações são mais estáticas do que penso

Eu tenho um forte medo de abandono, constantemente acho que ao errar, falhar ou decepcionar alguém, este alguém irá deixar de se relacionar comigo (acontece isso com você também?). Porém, conversando um pouco com o Maior entendedor de relacionamentos que conheço, nosso Pai celestial, percebi que as relações que mais importam são mais estáveis do que eu imagino. Pessoas que realmente me amam não irão me deixar porque eu “apenas” errei. Pra começo de conversa, elas não me amam pelo que eu posso dar ou pelo que eu faço por elas, mas sim pela caminhada conjunta na vida, pelos laços criados, pelas histórias engraçadas ou tristes divididas. As pessoas que mais me amam, não vão embora tão facilmente. Na verdade esses relacionamentos não são baseados em merecimento! Talvez seja um pouco confuso para nós que vivemos num mundo tão meritocrático, mas amor não se merece nem se compra, ele é de graça. Vou deixar aqui embaixo o capítulo 13 do primeiro livro de Coríntios, que pra mim é o texto que mais consegue explicar amor:

 

Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.

Ainda que eu tenha o dom de profecia e saiba todos os mistérios e todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, mas não tiver amor, nada serei.

Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me valerá.

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.

Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.

O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará.

Pois em parte conhecemos e em parte profetizamos;

quando, porém, vier o que é perfeito, o que é imperfeito desaparecerá.

Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.

Agora, pois, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espelho; mas, então, veremos face a face. Agora conheço em parte; então, conhecerei plenamente, da mesma forma como sou plenamente conhecido.

Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor.

O maior deles, porém, é o amor.”

 

O amor verdadeiro

Eu busco muito pela aprovação das pessoas para que elas me amem… Pelo menos era o que eu buscava, agora eu tenho procurado entender que mesmo que eu cumpra com as expectativas alheias, as pessoas não irão me amar; o máximo que pode acontecer é elas simpatizarem comigo. Eu ainda tenho uma loooonga jornada para entender melhor o que é aceitação (tanto das pessoas quanto a minha própria) mas creio que entender que o amor é de graça já é um primeiro passo importante.

 

O maior tesouro é imerecido

Talvez você já tenha ouvido falar do Cara mais legal do mundo que se sacrificou pelo mundo, o nome Dele é Jesus, e por Ele ter morrido pelo meu, seu, nosso erro, nós temos hoje acesso à Salvação! E este presente divino não é algo que nós ganhamos por merecer, muito pelo contrário, nós merecíamos a morte, mas Ele nos deu a Vida. Assim eu queria concluir que muitas coisas nas nossas vidas são resultado de merecimento, no entanto, a maior parte das coisas são imerecidas. E está tudo bem, o que nos resta é aceitar com gratidão tantas bençãos recebidas ^^ deixou aqui embaixo uma música que me lembrei enquanto escrevia este texto.

 

 

O texto de hoje vai ficar um pouco curtinho, mas espero que ele tenha servido para te ajudar em alguma coisa! Eu sei que eu sou apenas uma escritora perdida nessa gigantesca internet, mas se de alguma forma os meus textos conseguiram alcançar seu coração, já estou muito mais do que satisfeita.

 

Em graça, Dory ❤

Anúncios

Sobre Dory <3

Eu me denomino como Dory, uma pequena menina que é super mega atrapalhada e se distrai facilmente. MAS que o coração anseia por fazer amigos e o que é certo (ou pelo menos tentar). Sou cristã, estudante de Letras, pseudo piadista e humana.

1 comentário em “O imerecido na nossa vida

  1. HinataHyg

    Verdade!!!!
    Tenho aprendido muito, também, em relação a isto. E o mais importante, para mim, é: aqueles que te amam pelo o que vc realmente é sempre estarão do seu lado, mesmo que vc erre ( afinal,todos nós cometemos certos deslizes na vida!). E quando erramos temos que ser humildes para reconhecer e, se necessário pedir perdão ( fazer a nossa parte). Porém, sempre lembrando que não importa, em primeira instância, a opinião alheia, pois temos o Nosso Pai, quem nunca nos abandonará, mesmo Ele nos conhecendo mais do que a nós mesmos.
    Obrigada pela seu compartilhamento!!!
    Força aí, na Graça do Pai!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: