Uncategorized

Amazing World Around Me (Cap.2)

Passou-se uma semana desde que me mudei, já havia me adaptado à rotina de viver sozinha. Ligava periodicamente para casa para contar as novidades e ouvir as aventuras que eles viviam por lá também. Era domingo a noite, e eu precisava dormir cedo pois o primeiro dia no trabalho seria no dia seguinte, mas minha animação não me permitiu pegar em sono pesado. Adormeci, mas permaneci no estado superficial do sono. Ao tocar do alarme senti uma energia de vida entrar dentro de mim e aos poucos me encher, encher até que eu fiquei completamente plena e transbordante naquela felicidade. Me espreguicei, abracei o travesseiro e me sentei na cama. “É hoje. É hoje o primeiro dia de uma carreira inteira na empresa!” Me levantei da cama, caminhei até o banheiro, escovei os dentes, lavei o rosto… E finalmente e estava à porta do apartamento arrumada, de banho tomado e com o café da manhã na bolsa para comer no metrô. Desci confiante as escadas, sai e caminhei com um sorriso difícil de se conter. E foi assim, até eu chegar a porta da editora.

Olhando para aquele prédio enorme, lembro que neste momento um vento bem forte fez voar meus cabelos e junto com ele trouxe um pequeno “frio na barriga”. Tomei coragem e abri a porta, cumprimentei o porteiro e perguntei onde ficava o andar da editoração. O velho homem que estava sentado no balcão me olhou, ficou desconfiado e finalmente perguntou, “quem é a senhora?”. Respondi e expliquei que era a nova editora, ele sorriu e me indicou o caminho. Disse-me também que era mais fácil ir de elevador pois as escadas estavam velhas e com iluminação precária. Confiando no gentil senhor, fui pelo elevador. Entrei na grande sala onde pelo menos 25 pessoas estavam caminhando de um lado para outro de forma incessante. Pareciam as correntes de ar naquela sala, cada qual com uma temperatura, intensidade e fluidez. Entrei um pouco desconfortável, insegura… Olhos, não me lembro qual foi a última vez que tantos pares deles me fitaram ao mesmo tempo como esta vez. Percebendo que me calar só iria fazer a situação se perpetuar, decidi me apresentar.

       – B-Bom dia, eu sou Íris e sou a nova membro da equipe da editoração.

Como um furacão todos voltaram a normalidade. O dia correu bem, conheci um garoto chamado Lucas que me acompanhou durante o dia todo. Ele me explicou detalhadamente como cada seção funcionava e como…

 

O tempo passou, e o sol também, ele foi coberto por nuvens escuras e densas. Aos poucos pequenas gotas de chuva pintaram minha janela. Gosto da chuva, ela sempre trás músicas diferentes ao cair. No fim do expediente consegui sair da sala sem ser encarada por ninguém, o que me foi um alívio. Me lamentei, não trouxe um guarda-chuva. Infelizmente o esquecimento deste objeto parecia fazer parte do meu dia-a-dia, algo perpétuo. Pus-me a caminhar, encolhida em meu casaco, me senti fedida e suja no metrô, mas sobrevivi. Saí da estação e me enchi de coragem para subir a rua da minha casa. “Finalmente! Mais um pouco e estarei num banho quente e cheiro…” Meu pensamento foi bruscamente interrompido com uma jato de água ocasionado por um carro que passou a toda velocidade numa poça ao meu lado, que má sorte. Enquanto resmungava sobre como o motorista era ridículo, uma corrente de ar soprou. Mas não só simplesmente soprou, mas me carregou com sua força, parecia alguém me empurrando. Tropecei em algo e caí atrás de uma caçamba batendo minha testa num dos restos de obra que nela havia. Levemente senti meu cérebro chacoalhar, mas aos poucos consegui restaurar meu senso de localização. “Nyaaaa” Ouvi um choro de dentro dos restos de cimento e pedra, de início pensei que fosse consequência da pancada, mas o som foi insistente. Concluí que deveria averiguar se realmente havia um animal por alí, pois ele poderia estar correndo risco de vida no meio desta chuva.

       – Mãe, o que eu posso dar pra um pequeno filhote de gato?

Questionei ao telefone fixo de casa. Eu estava ensopada e toda suja, com um gatinho listradinho no colo. “Ah! Por que eu trouxe ele pra casa?! Eu moro sozinha e nunca cuidei de um gato tão pequeno!” Depois de alguns minutos anotando todos os cuidados necessários eu finalmente encerrei a ligação. Bom, o plano era cuidar dele só por aquele dia pra ele não morrer de hipotermia, mas algo aconteceu, e este fato mudou todos os meus planos. Segui a risca todas as orientações que recebi e finalmente o felino se pôs a dormir. Aproveitei e fui FINALMENTE tomar o banho. Nada como água quente para finalizar um dia cansativo. Terminei de me lavar e fiquei alguns minutos embaixo do chuveiro até que… Um grande estrondo veio da cozinha. Fiquei em pânico preocupada com o gatinho, peguei a toalha e saí correndo. Ao chegar lá escorrego no piso liso do cômodo e novamente me vejo de cara no chão. Antes mesmo de conseguir abrir os olhos, o pequeno gato lambeu com sua língua áspera os meus cílios, o que me fez cócegas. Abri os olhos, mas o mundo estava diferente. Minha cozinha estava cheia de névoa… “Mas eu desliguei o chuveiro” me recordei. Uma enxurrada de pensamentos confusos vieram como uma tempestade à minha mente até que a coisa mais extraordinária me aconteceu. Ouvi uma voz, uma voz densa, grave e rouca. Ela vinha do animalzinho que estava deitado ao meu lado, mas como… Como poderia ele estar falando? E foi neste momento, neste exato momento que uma aventura que duraria minha vida toda começou. Uma que é cheia de mistério, criaturas de uma realidade diferente da que vivemos e de poderes que desconhecemos.

CONTINUA…

Anúncios

Sobre Dory <3

Eu me denomino como Dory, uma pequena menina que é super mega atrapalhada e se distrai facilmente. MAS que o coração anseia por fazer amigos e o que é certo (ou pelo menos tentar). Sou cristã, estudante de Letras, pseudo piadista e humana.

0 comentário em “Amazing World Around Me (Cap.2)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: