Uncategorized

A culpa do omisso

Olá amados habitantes marinhos! Como passaram as últimas duas semanas? Bom, o texto de hoje vai ser um pouco diferente 😉 é uma crônica! Já faz tempo que escrevi, e Deus me pediu para compartilhar com vocês, o nome é “A culpa do omisso”.

IMG_6191

“Um ônibus, todos os dias, o mesmo ônibus… O mesmo caminho de sempre… E igualmente as mesmas desculpas. E lá estava eu naquela manhã de segunda, meio amassada no meio de todas aquelas pessoas, me segurando na barra superior do veículo para não cair. Avistei um banco que fora recentemente deixado e me assentei nele. Encostei minha cabeça na janela e adormeci por 5 minutos. Então acordei com uma discussão entre duas passageiras. Uma era jovem, aparentava ter 23 anos. Já a outra tinha mais ou menos 40 anos. A mais nova estava num dos bancos na minha frente, que eram preferenciais. E estava sendo acusada de ser inconveniente, preguiçosa e outras coisas por não ceder o lugar… Foi então que eu percebi uma terceira personagem, um senhor de idade que expressava cansaço e por isso nem participava da discussão, ele apenas observava tristonho. Pelo jeito, não estava gostando de ser o assunto da discussão. Nunca disse que gostaria de sentar-se, e muito menos achava que a moça mais jovem devesse ceder o lugar. Na mente daquele senhor, creio eu, ele desejava apenas uma manhã mais calma.. Como não tinha nenhuma ligação com a história, resolvi ignorar tudo e observar a paisagem pela janela ao meu lado. As mulheres só pararam com a gritaria quando a mulher mais velha desceu do ônibus. Logo em seguida saí também.

Caminhei por aproximadamente 5 minutos até a escola. No portão, um homem de terno, com uma postura impecável, observava os alunos que entravam e pedia seus cartões escolares. Não o cumprimentei, apenas lhe mostrei friamente o papel plastificado enquanto caminhava. Entrei no prédio, subi as escadas e fui até o meu lugar de costume.

O dia se passou normalmente, assisti todas as aulas, anotei tudo o que era preciso e ao término das atividades, me despedi de meus colegas de classe. E então a jornada de volta, a mesma da ida, se iniciava. Fiquei pouco tempo no ponto de ônibus, pois incomumente ele chegou rapidamente. Entrei, e me direcionei até ao assento livre mais próximo. Pouco antes de chegar ao ponto perto de casa, passei pela catraca, nem olhei para o cobrador e já fui apertar o botão. Desci do ônibus, e fui em direção à rua para atravessá-la. Ao meu lado havia uma criança querendo atravessar, tentei não dar muita atenção à ela, mas não pude ignorar. Fui em sua direção e perguntei se precisava de ajuda, ela assentiu. Peguei em sua mão e atravessamos juntas. Quando chegamos do outro lado, a pequena me presenteou com um largo e belo sorriso e saiu andando. Não disse nenhuma palavra, mas conseguiu me ensinar muito. Quantos atos eu havia deixado de praticar durante aquele mesmo dia por falta de sensibilidade? Quantas pessoas eu havia deixado de impactar? Quantas vidas eu me recusei a doar um pouco mais de alegria, ou então, de bondade?

Ao chegar em casa, logo peguei um papel e uma caneta. Escrevi nele a minha lição do dia, pois não queria esquecê-la. Não queria mais perder a chance de transmitir a alegria que tenho em Cristo. Não queria mais me esquecer que a omissão é um erro, um pecado como qualquer outro que precisa ser tratado em mim.

E então naquela noite, dormi feliz, pensando no perdão que o Pai me concedeu, e imaginando as futuras vidas que eu poderia ter a chance de impactar… Uma pequena participação nas vidas que cruzassem com a minha.”

 

Bora conversar sobre isso? O que acharam de uma crônica? Tell me!!

 

Em amor, Dory ❤

Anúncios

Sobre Dory <3

Eu me denomino como Dory, uma pequena menina que é super mega atrapalhada e se distrai facilmente. MAS que o coração anseia por fazer amigos e o que é certo (ou pelo menos tentar). Sou cristã, estudante de Letras, pseudo piadista e humana.

0 comentário em “A culpa do omisso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: