Uncategorized

O que eu pensava sobre os adultos

Quando eu era criança, eu via os adultos como criaturas estranhas. Eles pareciam sempre muito sérios, não gostavam de brincar, e boa parte do dia eles parecia estar correndo com algo. Mas ao mesmo tempo eles pareciam tão certos de tudo, sempre sabendo o que falar, o que fazer e como fazer, sempre sabendo o que era certo. Eu achava que os adultos eram como super heróis, só que com alguns defeitos, tais como: Sempre chegar na casa das minhas amigas pra me buscar na parte mais legal da brincadeira, brigarem comigo e principalmente me mandarem ir dormir, mesmo quando eu ainda estava sem sono. Ainda pequena fiz uma promessa, ser uma adulta legal, ou seja, que não possui esses defeitos. E… É… Acho que falhei nisso hahaha.

Mas enquanto crescia, de ano a ano, eu começava a enxergar que adultos erravam o horário de ir te pegar na escola, que adultos às vezes ficavam em dúvida sobre o caminho a se seguir e o mais incrível, eles também sentiam MEDO! Não sei vocês, mas isso parecia algo inimaginável pra mim. E não muito tarde depois, percebi que eles ERRAVAM! “Que absurdo!” eu pensei, “adultos não podem ser adultos se erram!”. Mas a verdade é que com o tempo eu fui caindo na realidade, adultos eram humanos, eles possuíam defeitos e qualidades, erros e acertos…

Placeholder Image

Ao completar 18 anos (a pouco tempo) me toquei que era oficialmente uma adulta! E bem… Me senti um pouco insegura… E pensamentos como: “será que vou conseguir ir bem como adulta?” me perseguiram por algum tempo… Foi então que a paz veio sobre mim com a seguinte conclusão: Ser adulta não quer dizer saber tudo, muito pelo contrário!

 

Okay, vou explicar. Ser adulta significa, amadurecer a cada dia, aprender com os erros, superar os medos, não ter medo de pedir desculpas. Ou seja, ser adulta é tentar ser melhor a cada dia. Isso que fazia dos adultos que cercavam na infância serem tão diferentes pra mim.  Tudo bem que muitos deles cometeram erros comigo, muitos deles falharam e tals. MAS, o fato é: melhorar SEMPRE.

Agora pra encerrar, quero deixar duas coisas que levo pra vida:

  • Ser simples, like a child
  • Continue a nadar ~

 

Eu posso esquecer às vezes, mas são duas coisas importantes pra mim ^^

Anúncios

Sobre Dory <3

Eu me denomino como Dory, uma pequena menina que é super mega atrapalhada e se distrai facilmente. MAS que o coração anseia por fazer amigos e o que é certo (ou pelo menos tentar). Sou cristã, estudante de Letras, pseudo piadista e humana.

0 comentário em “O que eu pensava sobre os adultos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: